Um saquinho de crochê virado sobre um chão de madeira, com cascas de nozes se esparramando.

Todo dia, ela vestia sua casca.

Naquele dia, quanto o ciclista a atingiu, ela caiu ao chão.

Ele pedalou a bicicleta de volta e ofereceu a mão. Ele tinha olhos gentis, mas ela tinha uma casca.

Ela se levantou sozinha, cuspiu na cara dele e foi embora andando. Ela tinha uma casca dura.


Nota: Este texto foi escrito originalmente em inglês para o desafio mensal da 53 Press, no qual você deve escrever um texto com exatamente 53 palavras. O tema em julho de 2020 foi “shell” (concha/casca).


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.